1 Capitulo - Um Lobisomem entre nós

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016



     É oficial. Eu estava apaixonada por um lobisomem. Tão extraordinário como isso soava, eu estava chegando a um acordo sobre o fato de que meu coração e minha alma tinha sido tomados por Brandon Maddox. Ele era um Westsider quente e bonito em uma cidade que favorecia o lado leste, e sob o brilho da lua cheia ele iria se transformar em uma criatura da lua. Passaram-se vários dias desde que eu tinha beijado Brandon pela primeira vez sua forma de lobisomem. O beijo foi de tirar o fôlego, mágico e eu não conseguia pensar em mais nada.
      O clima de março ainda estava fresco, e eu estava saindo da biblioteca depois da escola para o ginásio para encontrar minhas melhores amigas, Ivy e Abby, que estavam assistindo seus namorados, Dylan e Jake, e meu ex-namorado, Nash, no treino de basquete. Eu deveria estar sorrindo ainda, pensando sobre os lábios de Brandon quando eu cheguei até as meninas sentadas nas arquibancadas.

"Você estão juntos!", Disse Ivy. "Para ficar!"


 " Junto com quem?", Perguntei. "Eu não tenho certeza do que você está tentando dizer."

 Ivy fez uma careta.


 "Não se faça de desentendida. Com Nash, boba! " O sinal soou e os caras estavam indo para o chuveiro. Eu pensei que este era o momento perfeito para confessar as minhas amigas mais próximas sobre o meu relacionamento com Brandon.

   Eu não havia contado antes por várias razões. Uma, ele estava do lado errado da cidade e portanto, uma pessoa de fora. Dois, elas pensavam que era legal que nós três, melhores amigas estávamos namorando caras que também eram melhores amigos. E desde que eu tinha dado o fora em Nash, durante um longo tempo, eu sabia a sorte que tive de sair com ele. O único problema era que havia algo que faltava entre nós, e que esse algo, chamado amor eu parecia ter encontrado com Brandon Maddox. Desde que ele tinha encontrado o cachorro perdido do Abby, um ato que obviamente tinha dado pontos para ele com Abby, eu estava esperando que minhas amigas possam ser receptivas  sobre minha confissão de namoro com o estudante transferêrido.

    Pronta para dar a notícia, eu me inclinei perto de minhas amigas quando duas mãos fortes agarraram meus ombros. Eu notei um anel de classe familiarizado brilhando contra a minha blusa rosa pálida. Era o anel que meu ex-namorado Nash tinha usado desde o ano de calouro e que ele recentemente tentou me dar, aquele que eu tinha visto na mão segurando uma lanterna quando eu estava na floresta com Brandon quando ele se transformou em um lobisomem. 

"E aqui está ele", disse Ivy quando os caras se juntaram a nós nas arquibancadas. "Seu namorado."

 "Eu estava dizendo a eles antes do treino sobre como nós voltamos a ficar juntos", disse Nash, agarrando-se ao meu lado, quente e suado do treino. "Oficialmente". Nash estava exuberante. Seu queixo era robusto e sua tez perfeita irradiada. Seu cabelo loiro estava desarrumado em um bom caminho.
        Ele tinha o tipo de sorriso que fazia uma garota querer beijá-lo, e os olhos que claros que muitos poucos tinham.

 "Mas isso não é..." Eu comecei, mas Nash colocou o dedo sobre meus lábios.

 "Eu estava dizendo a eles que você viu o erro que cometeu", disse ele suavemente. "E sob a luz da lua, com a lua cheia brilhando,algo mudou drasticamente." Ele me lançou um olhar onisciente.

 "Então agora nós vamos continuar a ser um grupo de seis feliz", disse Ivy. "para sempre."

 Meu estômago virou. Eu queria dizer a Ivy que eu estava apaixonada por Brandon. Mas com Nash aludindo à mudança de Brandon em um lobisomem, ele teria que esperar. Era uma coisa faze-los me aceitar com namorado  Westsider, mas eu não poderia imaginar o que diria ao meu namorando  lobisomem. Nós pegamos nossas coisas, e eles começaram a nos escoltar para a saída do ginásio. Fiquei para trás e sinalizei para Nash fazer o mesmo. Ivy e Abby piscaram como se esperassem que eu estivesse pedindo um tempo para  acariciar ele.

 "É  assim que você quer que fiquemos juntos?" Eu perguntei em voz baixa quando o resto estavam fora do alcance da voz. "Me chantagear ? Você vai contar a eles sobre Brandon se eu não fingir que você e eu estamos juntos? "

" É para sua própria segurança ", disse ele. "Você sabe o que eu vi. Como se não fosse suficiente ele ser um Westside, eu vi o que aconteceu! "

" Você não sabe o que você está falando ", eu disse. 

"Eu estava lá, Celeste. Estou fazendo isso para seu próprio bem. Um lobisomem nesta cidade não iria passar despercebido muito bem. Eu poderia tê-lo trancado em um hospício. "

" Shh! "Eu repreendi. "Ele não é louco "

"Há algo de errado com aquele cara! Eu não posso acreditar que você gosta d ele ", disse ele fervorosamente. Então seus olhos se suavizaram. "Eu não posso ficar parado e assistir você sair com um monstro, Celeste. O que você faria na minha situação? Eu não quero que ele te machuque. Você não entende? "O tom de Nash estava sincero e sua verdadeira inquietação aqueceu meu coração. 
      Eu sabia que ficaria preocupada também se eu visse alguém que eu tinha afeição em pé ao lado de um lobisomem. Nash ter esta compaixão me fez me sentir bem, mas ele estava indo sobre isso da maneira errada.

 "Brandon é um grande cara", eu disse. "Ninguém precisa me proteger dele." 
Os lábios de Nash ficaram tensos.

 "Ouça, eu estava lá." Ele me encarou diretamente  com a testa franzida de raiva. "Eu vi o que aconteceu. Ele não é normal, Celeste. Você tem que saber isso. "Nash estava inflexível na tentativa de me convencer. "Ele é perigoso." 

"Isso não é verdade. Ele é exatamente o oposto. "

" Ele é um animal. Eu vi por mim mesmo. "Nash era um hipócrita, às vezes.

 "Então por que você correu?", Perguntei. "Se você estava com tanto medo por mim, por que você correu e me deixou sozinha com ele?" Comecei a ir em direção as minhas amigas quando ele me alcançou.

 "Eu estou aqui agora", disse ele em voz baixa. Sua declaração era muito atraente. Nash não estava mais com raiva, mas em vez disso eu podia ver o medo em seus olhos no caminho que eu estava escolhendo. Ele estava carinhoso e preocupado de verdade. Estava além de um cara tentando ter uma menina, mas neste caso, um amigo tentando ajudar uma amiga.

 "Eu não vou embora até que você me prometa que não vai vê-lo." Nash não estava me intimidando. Ele estava falando comigo como um amigo ou um irmão mais velho. Estava tocada por sua preocupação, mas lutava contra o pedido dele  para abandonar Brandon, aquele que eu amava. 

"Eu não posso", eu disse. Nash cruzou os braços em desgosto.

 "Então eu não tenho escolha." Ele dirigiu-se para apanhar o nosso grupo.

 Desta vez eu o peguei e o encarei de frente.

 "Você é meu amigo, Nash", eu disse sentindo falta de ar. "Por que está fazendo isso comigo?"

"Porque eu sou seu amigo. E os amigos cuidam um do outro. "

" Não gosto disso. Se você pretende me extorquir ", retruquei," então eu vou em frente e contar que eu estou namorando Brandon agora mesmo. "Eu comecei a marchar em direção a Ivy e Abby quando senti minha mochila sendo  puxada e eu estava parando em meu caminho. Nash olhou para mim com vingança.

 "Então você está me forçando a fazer algo que eu não ia fazer", disse ele corajosamente. "Eu vou dizer a eles o que eu vi. Brandon transformado em uma forma maldita". Ele disse cenando com a mão na frente da boca. Minhas amigas estavam nos esperando na porta do ginásio. Imaginei Nash andando até eles e soltando a bomba. O namoro com Brandon não era algo que eu seria capaz de negar. Eu era ruim em mentir. Por outro lado, eu tinha uma consciência muito forte, e dois, meu rosto iria liberar e meu lábio superior iria tremer, imediatamente me entregando. Pode ser difícil de minhas amigas serem convencidas de que Brandon era um lobisomem real, mas elas não seriam capazes de superar que eu estava saindo com ele nos últimos meses e não as havia dito com minha própria boca.

 "Me de um pouco mais de tempo", eu disse a Nash. Eu sabia que não estava prestes a parar de namorar Brandon e começar a ver Nash novamente, mas eu tinha que ter mais tempo antes de Nash dizer a todos que Brandon era um lobisomem.

O atleta bonito sorriu vencedor.

 "Eu vou te mostrar como as coisas serão diferentes", disse ele genuinamente. "Como deveria ter sido o tempo todo." Por um momento, eu me perguntei como seria se Nash mudasse. O imaginei ajudando a decorar os salões no Pine Tree Village comudade de retiro, andando em Willow Park juntos sob o luar, ou chegar em minha casa com um buquê de flores. Teria sido o que eu queria de Nash caso estavesse pronto para mudar, mas suas  declarações românticas haviam chegado tarde demais.

    Corri para Ivy e Abby e abri a porta do ginásio. Pudemos ver a entrada principal do estacionamento. Os rapazes ainda suados do treino, abraçaram o ar frio. Se alguém ia dizer a Ivy e Abby sobre meu namoro com Brandon, ia ser eu. E eu não queria que ninguém soubesse sobre sua transformação. Brandon tinha inadvertidamente forçado Nash a se tornar a pessoa que eu queria que fosse há vários meses átras. Se Nash tivesse prestado atenção para mim quando estávamos namorando, eu nunca estaria interessada em mais ninguém. Mas seu comportamento romântico estava acontecendo uma lua cheia tarde demais. Eu sabia que seria mais fácil de pegar a estrada com o jogador de basquete do que aquele com o lobisomem, mas eu tinha que ser verdadeiro comigo mesma. Fiquei fascinada, obrigada, e talvez sob um feitiçada. Mas o que quer que fosse o feitiço, ele tinha o rosto de Brandon, de dia ou à luz da lua cheia.

 "Olhe!", Disse Ivy, apontando para o jip de Brandon. Uma peruca e um traje estavam sobre o capô de sua caminhonete. Na porta do lado do motorista estava pintado a palavra CARA LOBO.

 "Brandon era o lobisomem o tempo todo", Ivy continuou, referindo-se a um lobisomem mascarado que vinha aterrorizando a cidade. Na verdade, esse falso lobisomem tinha sido Nash, mas ninguém mais além de mim sabia que o lobisomem tinha sido realmente.

Olhei para Nash, que deu de ombros.

 "Eu não sou um vândalo", disse ele defensivamente.
 "Brandon era o lobisomem?", Disse Abby. "Isso é estranho. Ele sempre se senta na parte traseira de classe tão silenciosamente. Ele não parece o tipo que corre pela cidade para chamar a atenção. "

" Mas lembre-se quando ele se levantou pela janela da sala de aula quando os lobos vieram para a escola e ele psiquicamente os fez fugir? ", Disse Jake.

 "Muito estranho!"

 "Talvez ele realmente é um lobisomem," Ivy brincou. "Eu acho que ele estava fazendo uma brincadeira conosco ", disse Dylan.

 "Mudando para esta nova cidade, talvez ele ache que nós somos loucos."

"Você acha que ele era o único que tem truques?" Nash disse a todos nós. Era como se ele estavesse com saudades de contar a eles o seu segredo também.

"Nós não tivemos nenhum problema de lobisomem até que ele chegou aqui", Ivy apontou.

"E ele colocou um elo mental sobre os lobos na escola", Jake enfatizou novamente.

 "Eu não tenho tanta certeza", disse Abby. "Parece muito conveniente que ele tinha acabado de colocar o traje em seu próprio carro. Por que ele faria isso? "

" Por que você acha que não o faria? ", Disse Dylan, quase desafiador. "Eu não sei por que você está defendendo ele. Ele é o único que saltou para fora sobre você naquela roupa estúpida e assustando você . "

" Eu não estava. Simplesmente não faz sentido. "

" Bem, por que ele iria correr em torno da cidade vestido como um lobisomem, em primeiro lugar? "Ivy colocou.

 "Um grito de socorro? Ele usa essas luvas sem dedos. Ele come como um porco. Ele é estranho. Mas a boa notícia é que agora acabou. Estamos todos a salvo. Estou muito contente de saber que era apenas uma piada sem graça. "

"Mas ainda me surpreende que ele seria o único a saltar para fora em mim como ele fez", disse Abby. "Ele é geralmente tão calmo na escola."

 "Bem, pelo menos nós não temos um lobisomem correndo ao redor do Run Legend mais", disse Ivy.

 "Ou nós temos?" Jake resmungou, e fez cócegas em sua cintura fina.

"Sim, isso já é demais", disse Nash, olhando para mim. Este era o momento. Eu não poderia assistir Brandon ser uma piada para alunos mais. Eu precisava declarar o meu amor por Brandon. E se Nash decidir dizer a eles o que viu, então que assim seja. Eu diria a eles que ele estava fzendo uma pegadinha e ver cuja história era mais crível.

      Eu olhei fixamente para os meus amigos.

"Eu tenho algo para dizer," eu disse corajosamente. Só então avistei Brandon andando em direção ao seu Jeep. Seu cabelo escuro caiu com seu passo longo e sexy. Ele parou de repente quando viu a fantasia de lobisomem deitado sobre o capô. Ele olhou ao redor e então nós notou do lado de fora do ginásio. Ele parecia estar olhando diretamente para mim; seu olhar se demorou. Senti sua decepção, e eu estava profundamente triste. Ele pegou o traje e jogou-o em uma lata de lixo nas proximidades. Mesmo do meu ponto de vista, eu podia sentir a sua dor e desgosto. Ele sabia que tinha vestido o traje era o belo rapaz de pé ao meu lado. Eu dei uma guinada para a frente para ir para Brandon, mas Nash agarrou meu pulso. Seu aperto era forte; Eu não poderia me mexer livre caso se minha vida dependesse disso. Meu coração disparou, vendo que Brandon tinha que lutar contra a luz da lua e do sol, sozinho. Sua solidão era palpável para mim. Ele era tão lindo, ele deveria ser a estrela da escola de Run da Legend em vez do cara desajustado.

      Era esta para ser a minha vida? Perdidamente apaixonada por um cara que era um lobisomem, e não poder estar com ele na escola por causa dos meus amigos? E era Nash que ia me fazer manter meu relacionamento com ele, para que ele não revelasse o segredo lycan de Brandon?
     Eu contemplei a minha própria integridade. Eu não queria desistir sob a pressão dos colegas, mas perder todos os meus amigos ia fazer a vida de Brandon aqui em Run Legend ainda mais sozinho fez esta uma decisão difícil. Eu sempre fui a pessoa racional, o solucionadora de problemas que estabelecia todas as suas opções antes de saltar para qualquer coisa difícil.
    No entanto, houve um tempo em minha vida quando eu não dava ouvidos às advertências ou agia cuidadosamente em vez de emocionalmente, nesse momento, quando a lua cheia estava explodindo e eu estava morrendo de vontade de beijar Brandon Maddox. Brandon tinha se transformado em um lobisomem, mas eu tinha mudado também. E eu não tinha certeza do que eu estava me tornando. Preso no meio de duas coisas, tanto positivas com grandes desvantagens. Como se o ensino médio não estavesse me desafiando o suficiente.

 "Nós temos que ir", disse Dylan, dando Abby um beijo de despedida.

 "Graças por sair", disse Jake a Ivy. Ela o beijou e deu-lhe um aperto. Nash permaneceu por um momento. Acho que ele percebeu que eu não estava prestes a beijá-lo, então ele apenas disse:

 "Lembre-se do que falamos", e começou a voltar para o ginásio.

Nós meninas amontoadas e fizemos o nosso caminho para os nossos carros.

 "Vamos todos ir ao shopping", disse Ivy. "Podemos pegar uma pizza na praça de alimentação."

"Talvez eu encontrevocês mais tarde." Eu não conseguia pensar em comer, meu estômago ainda se sentia magoado em ter assistido Brandon sendo assediado. "Eu tenho algumas coisas que eu tenho que fazer.”

 "O que poderia ser mais importante do que estar com a gente?" Ivy perguntou quando ela entrou em seu SUV.

"Só uma coisa", eu murmurei sob a minha respiração. Eu pulei no meu carro e fui direto para Brandon.

      Quando cheguei à casa dos avós de Brandon, eu o encontrei fora de sua casa de hóspedes, agachando-se em seu Jipe com uma mangueira, um balde de água com sabão, e um pano. Ele estava começando a limpar a palavra CARA LOBO do lado de seu jipe. Eu não sabia o que dizer. Eu não tinha certeza de como Brandon reagiria a mim.
    Ele me viu e, por um momento eu senti sua dor. Eu sabia que ele amava aquele jipe ​​e tomava muito cuidado com ele. Eu também sabia que ele devia estar se sentindo horrível por ter sua propriedade e seu nome difamado na frente de toda a escola.

    No entanto, seus olhos azuis olharam através de mim, e eu vi uma sugestão de um sorriso. Senti a tristeza sendo lavadas e estava eufórica em sua presença.

"Eu posso te ajudar com isso", eu disse, caminhando para ele.

 "Não, está tudo bem", disse ele, levantando-se. "Ele precisava ser lavado de qualquer maneira." Eu peguei o pano de sua mão e começou a lavar a letra W. A pintura era muito grossa e levou algum músculo para se livrar dele.

 "Felizmente os idiotas não usaram tinta spray", disse ele. "É apenas como a pintura que você encontraria na classe de arte."
 "Nash não fez isso", eu disse. "Ele poderia ter deixado o traje lá, ele é um brincalhão, mas não um vândalo."

"Então? Por que isso deveria me fazer sentir melhor? "Ele pegou o pano de mim e começou a lavá-lo sozinho.

 "Eu não quis defendê-lo. Eu só queria que você soubesse. "Ele não respondeu, mas continuou a esfregar. "Eu quero contar para eles" eu comecei. "Eu quero dizer aos meus amigos o que eu sinto por você".  Brandon ficou surpreso. Ele limpou as mãos com um pano seco.

"Como estamos?"

 "Sim", eu disse. "E se eles não gostam disso, então eles não são meus verdadeiros amigos, certo?"

 "Bem, eu posso ver Nash não gostando." Eu esboçou um sorriso, em seguida eu também.

     Ele pegou minhas mãos umidas e começou a secá-las com o pano. Ele estava relaxante quando ele me assistiu esfregando as mãos com o pano, e eu olhava alegremente para cima em seu lindo rosto.

 "E Ivy", disse ele. "Ela parece possessiva sobre você. E eu não me encaixo perfeitamente no seu mundo. "Seria um problema , mas nossa amizade era forte, e ninguém havia penetrado isso há anos. Se ela soubesse que eu estava vendo Brandon em vez de Nash ela estaria chateada, para dizer o mínimo. Imaginei Ivy e Abby me esnobando em sala de aula, sussurrando juntas quando eu entrasse no corredor, preenchendo meu assento no almoço com suas mochilas. Não há chamadas, textos, ou companheiras de estudo. Eu estava receosa que eu iria perder minhas melhores amigas.

   Mas não estava me fazendo feliz perder Brandon,ou qualquer um.

 "Eu estou pronta para contar" eu disse. "Isto é. . . se você quiser isso, também. "
" Sim ", disse ele. "Eu quero." Ele jogou o pano no balde, pegou minhas mãos de novo, e me atraiu para ele. Algumas bolhas de sabão de sua manga fez cócegas na minha bochecha enquanto acariciava meu rosto. Minhas botas estavam com um pouco de sabao.

 "Então, você vai se sentar comigo no almoço?", Ele disse com ar sonhador.

 "Ou você vai se sentar comigo." Ele ia ser diferente. Eu sentei com Ivy desde a escola primária. Eu sabia que ia ser difícil olhar para ela do outro lado do refeitório e vê-la com Abby rindo e fofocando sem mim. Mas se fosse muito estranho com Brandon e eu na nossa mesa, nós teríamos que comer na sua. "E nós vamos conhecer uns aos outros depois da aula", eu disse.

"Eu não quero conhecer ninguém," ele respondeu com um aperto extra. Eu imaginei recebendo sorrisos enquanto passavam outros Eastsiders nos corredores. E quem sabe, os Westsiders não poderiam ser muito felizes, também. Não haveria obstáculos, mas para estar na companhia do cara que eu estava apaixonada eu estava pronto, Mas então me lembrei daquela noite Nash viu Brandon se transformar em um lobisomem. E eu pensei sobre como Nash tinha me ameaçado de dizer aos meus amigos o que ele tinha testemunhado se eu continuasse a ver Brandon.

 "Mas há um problema", eu disse.

 "O que você quer dizer?"

 "Nash me ameaçou. Disse que se eu continuar namorando você, ele vai contar para toda a escola o que viu na noite em que você se transformou em um lobisomem."

"O quê? Você está brincando comigo? "

" Ele está realmente preocupado", eu confessei. "Eu não posso culpá-lo por isso."
Brandon apareceu mal-humorado.

 "Eu sei. . . Eu estaria assim caso visse o mesmo que ele. "

" Mas eu tentei convencê-lo que não era tão ruim quanto ele pensava. Que você não é perigoso. "

" Tenho certeza que ele acreditou... ", disse ele chutando a sujeira.

 "Mas e se ele dizer a alguém?", Perguntei. "Quem vai acreditar nele?"

 Ele perguntou.

"Ele não tem prova."

 "Eu estou esperando que todos vão pensar que ele está Fazendo uma pegadinha novamente e eles não vão ouvir. Mas você já está sendo chamado cara lobo e teve seu jipe ​​vandalizado. Eu não tenho certeza do que esses vândalos poderiam fazer em seguida. As pessoas gostam de pegar em alguém, e agora você é o alvo. Isso pode torná-lo pior. "

" Está tudo bem. Eu posso lidar com isso ", disse ele. Fiquei satisfeito com a reação dele, mas eu queria que ele tivesse a divulgação completa do que os desafios podiam ser.

 "Eu sei que você pode. Mas Nash é competitivo ", eu disse. "É sua natureza lutar. Tenho medo que ele va direto para seu pescoço. "Pensou Brandon.

"Eu não vou deixá-lo ditar minha vida." Eu estava orgulhosa da bravura de Brandon, e mesmo que eu estavesse esperando que todos veriam a declaração de Nash como uma piada, eu não estava convencida de que estaria tudo bem. Quanto mais eu pensava nisso, mais eu me preocupava.

 "Mas. . . "Eu comecei," quando a próxima lua cheia vier, você acha que todo mundo vai estar olhando para você? "Ele pensou novamente, desta vez tomando um momento.

"Sim, eles vão." Agora eu estava realmente preocupada. Era uma coisa serameaçada, outra ser caçados.

"Eu não posso fazer isso com você", eu disse. "Só para ter o que eu quero. Não é justo para você. "

" Mas então não é justo com você, para qualquer um. Para que andar pelos corredores nos braços de um cara que eles estão chamando de um lobisomem. "

Brandon era tão carinhoso e preocupado com minha felicidade. Mas, em última análise, eu não seria feliz se ele estavesse em perigo.

 "Então o que vamos fazer? Todo mundo se apavorou ​​com Nash em um traje. Abby, a Dra. Meadows, a estação de TV. Se eles souberem que lá fora realmente tem um lobisomem na cidade. . . quem sabe o que eles vão fazer? Eu só sei que não vai ser bom. "Brandon olhou para dentro da floresta.

"Eu já lhe causei problemas suficientes", disse ele.

"Me causou problemas? Isto não é sobre mim, é sobre você. "

" Eu não me importo comigo. Estou mais preocupado com o que vai acontecer com você, se toda a gente descobre que você está namorando um lobisomem. Eu não posso fazer isso com você. "Ele se inclinou contra uma árvore, como se tivéssemos derrotados.

 "Só há uma coisa a fazer por agora."

 "Sim?", Perguntei, esperançosa que ele tivesse uma solução romântica. Eu imaginei que ele iria sugerirpara irmos embora juntos ou nos reunir novamente para descobrir um outro plano.
     Em vez disso, ele apareceu novamente, desgostoso.

"É melhor ficar separados", disse ele com firmeza.

"O quê?", Perguntei, atordoada. "Mas eu não quero isso."

"Eu quero que você continue a sair com seus amigos. Eu quero que você continue a fazer o que você tem feito. Até eu encontrar uma cura. "

" Você encontrar uma cura? Sozinho? Eu não vou simplesmente esquecer você e voltar a ter uma vida normal como nestes últimos meses como se nada tivesse acontecido."  Peguei sua mão e me aproximei dele. "Eu não quero estar separada." Coloquei minha cabeça no peito dele. Ele estava tentando resistir, mas ele cedeu e me segurou.

 "Então me prometa uma coisa." Ele pegou meu queixo e o levanto para que eu pudesse vê-lo.

"O quê?", Perguntei. Todo mundo estava me pedindo promessas que eu não queria fazer. Não eram as promessas de amor e romance que eu estava sempre procurando, mas promessas de não ver Brandon.

"Isso é como tem que paecer para os outro, só vamos nos ver em segredo. Até eu encontrar uma cura. Esta é a única forma que conheço que nenhum dano virá para você. "Eu tive que fazer o que era melhor para ele. Neste caso, Brandon estava em muito mais perigo de perder a sua vida do que eu estava de perder meus amigos por não compartilhar meu segredo com eles.

"Eu quero contar para elas" eu disse com lágrimas nos meus olhos. "Eu quero que sejamos normais. Quero que fiquemos juntos. "

" Mas eu não sou normal. . . ", Começou ele, suavemente colocando meu cabelo atrás das orelhas. "Não agora, de qualquer maneira. E quando eu estiver curado, será seguro para você. Mas só quando isso acontecer. "

" Nash vai pensar que ele ganhou ", disse eu, atormentada.

 "Isto não é sobre Nash. É sobre você. "Brandon estava me pedindo para esperar.

"Se é para o meu próprio bem", eu perguntei, "então por que dói tanto?" Ele continuou a acariciar meu cabelo, tentando me consolar. Mas, para mim, não era sobre o que eu estaria passando. Eu poderia suportar a idéia de ser provocada, mas eu não podia suportar colocar a segurança de Brandon em risco.

 "Ninguém vai saber", eu disse finalmente renunciando. Ele pegou minhas mãos e as colocou em seus lábios.

"Você vai ter que encontrar uma cura antes da próxima lua cheia," eu disse,me derretendo debaixo de seu feitiço romântico. "Eu realmente quero dizer ao mundo que eu estou namorando você. Mas, por agora você vai ser o meu segredo mais bem guardado. "Ele se inclinou e me deu um beijo suculento. Eu continuei a abraçar Brandon e notei que a espuma tinha escorrido ao lado de seu jipe, apagando a palavra WOLFMAN. Me doía não ver o fim da luta de Brandon contra sua condição. Se apenas todos na cidade pudessem  ver como lindo e magnético que ele era quando ele estava transformado, e que ele deveria ser admirado, não temido. Mas a mudança era assustadora nesta cidade, e pessoas de fora eram ainda mais.

    Um lobisomem era um lobisomem, e seria difícil convencer alguém de que Brandon era um belo e benevolente, e que ele estava mais atormentado por sua própria condição do que ninguém deveria estar. Mas eu sabia que o que eu estava esperando era impossível.


   Tinhamos três semanas para encontrar uma cura para Brandon e torná-lo um dos alunos normais de Run Legend antes de uma outra lua cheia aparecer, mas mesmo assim, Brandon Maddox não era nada comum.


             

                                           

Nenhum comentário :

Postar um comentário

* . Comente aqui o que você achou da postagem , se gostar vire seguidor do blog. * sua presença é muito importante.