A Ceifadora 4 Capitulo

quarta-feira, 28 de março de 2012


-  Só pode estar brincando comigo, Sebastian!  Gritei dentro da casa velha e agora quebrada moradia. Quando cai de cabeça novamente,  não tive nem se quer tempo suficiente para gritar e quando a voz saíu durou apenas um segundo antes do meu corpo bater no telhado. Me sentia acuada, sem saída e sem apoio.

  - Que eu saiba você que tem que me apoiar e dar conselhos aqui!!!!  Gritei.

     Miah explicou quando a conheci , que um mentor ensina técnicas e coisas que ele aprendeu com o passar dos anos para seu aluno,  ou seja,  eu. E até onde sei DIZEM que Sebastian está apaixonado por mim ou sente algum tipo de sentimento forte o suficiente para ele me trazer para essa bosta. Dúvido muito disso. Pois... ele não está ajudando.

     Andei em volta da casa para ver se conseguia ver alguém,  mas estava só. A casa era um sobrado velho cheio de rachaduras e moveis quebrados que cheiravam urina de cachorro molhado. E um cheiro podre estava no ar e isso me fez acreditar que tinha acontecido um assassinato e que havia um corpo escondido em algum lugar em estado de decomposição.

    - Você deveria estar pensando em algum modo deles caírem numa armadilha, você está em campo de estratégias. Enquanto você perde o seu tempo ... eles estão vindo. A voz de Sebastian apareceu em minha cabeça, como se fosse minha conciência , o que eu sabia que não era, por que minha voz mental não me causava vontade de estrangular alguém.

    - Onde você estava garoto?  Ele não respondeu para me irritar com certeza.

    " Pense em algo inteligente e faça, tenho certeza que consegue. Essa é a minha ajuda, pois aqui você não pode colar nos testes. Não confie em ninguém,  preste atenção e nunca diga o que está pensando aos outros.  Voltarei a falar com você quando terminar o teste.... boa sorte. "

    Só poderia ter ouvido errado. Raiva me encheu e fiquei pasma com a merda da ajuda inutil de Sebastian.

    - Volte aqui!  Gritei , mas ele não voltou.

     Olhei a casa mais vezes do que deveria e fiquei dentro de um comodo na parte de cima do sobrado,  pois teria uma melhor visão do terreno e conseguiria ver alguém vindo. Fiquei assim durante horas parada sem piscar e me senti orgulhosa disso.  Eu poderia entrar para um concurso de quem fica sem piscar por mais tempo, mas isso não seria divertido uma vez que todas as pessoas a sua volta estão mortos e não precisam piscar para umidecer seus olhos. Demorou horas até conseguir ver uma cabeça de alguém.  Uma cabeleira ruiva de um garoto da minha idade apareceu no meu campo de visão,  ele estava segurando uma armadilha de urso e tentando escondê -la debaixo de folhas mortas. Provavelmente uma armadilha para mim, mas tinha certeza que não era a única por que estava facil demais. Por assim uma armadilha na minha cara como se queresse mostrar que estava alí, facil acesso. Minha mãe sempre diz que quando a esmola é muita o santo desconfia,  então está aí a prova viva disso. Um panacão querendo me fazer cair nessa.

      Desci as escadas e procurei uma arma para me defender e ao fazê-lo achei uma faca de prata polida novinha escondida debaixo da pia e lembrei novamente de ter pensado num assassinato que podia ter acontecido na casa e que a faca poderia ser..... - desviei meus pensamentos e escondi a faca no meu bolso e deixei uma mão enfiada lá para caso precise tirá - la rápido. Saí para fora, para a armadilha que estava me esperando.

       - Gentinha sem criatividade!!!!  gritei.

       Ouve sons de passos ocos em telhas e olhei para cima só para ver o cara ruivo pular em minha direção . Fiquei esperando o golpe, mas ele não veio por que seu corpo atravessou o meu.

      - Esse é seu plano malévolo?  ri da desgraça do pobre ruivo. Seu rosto teve uma mistura de raiva e confusão, ele fechou seus punhos e tentou acertar meu rosto. Fechei meus olhos pronta para dor e... nada.

     - você sabe pelo menos o que está tentando fazer?  perguntei.

     Ele fez algo que nunca pensei que alguém faria á mim. Ele me olhou com medo e desapareceu numa nuvem de vapor.  De todas as caras e bocas que imaginei receber,  nenhuma delas era medo, principalmente, quando eu não havia feito nada para isso acontecer" maluco " pensei " maluco aloprado, idiota ".

     Voltei para casa e dei de cara com um homem loiro, alto de cabelos longos.

     - Melhor fugir por que as pessoas fogem de pessoas loucas e sou uma delas.

       Ele não respondeu minhas gracinhas, nem ao menos olhou para mim. Mais depois de um tempo olhando para o nada ele finalmente olhou para mim e me olhou com horror. Serio!  eu não sabia o que estava fazendo para todos ficarem assim!  talvez estivesse melhor viva, mas morta?!  não tinha muita diferença de estar vivo, a não ser o fato de estar separado das pessoas que amo.

      - Qual é o problema de vocês?  Eu sei que feia pelo menos eu não sou!  gritei sem paciencia.

        me olhou confuso.

      - O que ... você faz aqui?  perguntou me fazendo querer saber se ele estava perdido... ou que achava que era eu a perdida. Coloquei minhas mãos na cintura e disse :

      - Hora, estou estudando... ou sei lá, para ser uma ceifadora ! e você?

     - Sou seu guardião,.... seu anjo da guarda,   você não deveria estar aqui. ele disse quase com raiva. - Você não pode.... tem que estar morta para ser uma ceifadora!  ele gritou e toda a calma e confusão tinha ido para cucuias.

    - Eu estou morta droga!  foi ele que disse!  -gritei... na verdade nós dois não estavamos sabendo ou tinhamos perdido alguma parte que agora ninguém sabia o que era. ninguém falava coisa com coisa ou entendia algo.

    - Quem disse isso?! gritou de volta.

    - Foi o Seb....

     Finalmente ia dizer alguma coisa e alguém vinha me atrapalhar!!! A casa começou a desmoronar e tivemos que sair correndo para fora antes que o teto nos esmagasse e o assunto morreu. E eu queria saber POR QUE!!!!  nunca consigo terminar minhas conversas sem ser interrompida. O universo talvez estivesse contra mim.

     Uma bola de luz explodiu cegando meus olhos e quando tudo voltou ao normal estavamos a sós e a casa tinha desaparecido.

  - Você vem comigo,  agora!  Ele gritou. Eu não sei no que ele estava pensando mais eu não ia de jeito nenhum com ele, já tinha muita coisa maluca na minha vida para acrescentar mais coisas. Então peguei e dei meia volta e saí andando.

    - Eu não quero ir, já tem muita coisa estranha acontecendo e quero decidir sozinha meu caminho, eu ... não quero mais ninguém tomando decisões por mim. Tudo bem?!

    Ele colocou sua mão no bolso e tirou um colar com um pingente com uma gema amarela que parecia um pedaço do sol. Ele me deu.

   - Sou Rafael. Não vou te obrigar a nada, só peço que use o colar. Ele vai deixar você parecida com os outros,  mas tome cuidado. Ser igual a eles pode doer.

    Olhei duvidosa para ele.

- Igual a quem?

Ele sorriu e disse

- Aos mortos. E desapareceu me deixando sozinha novamente e por algum motivo do além eu sábia.... que tudo podia ficar cada vez mais pior e confuso. Coloquei o colar e o escondi debaixo da minha blusa, não tinha necessidade de contar a Sebastian o que tinha acontecido pois havia algo estranho ali. Sombras tentaram me matar,  ceifadores , Miah dizendo que ninguém vê sombras antes de sua morte.... tudo estava errado e precisava descobrir o quê. Claro,  se o universo me deixasse terminar minhas frases!
      
     Andei pelo matagal e pensei no filme jogos mortais e em como fazer uma armadilha. Pois para sair dali eu teria que fazer uma certa quantidade de alunos caírem em minhas garras. A única coisa que me atrapalhava era o fato de não saber como eu ia fazer isso.

  Envolvi o pingente de sol em minha mão e o apertei como se ele fosse me dar sorte - Que deus me ajude!  Sussurrei. Toquei meu outro colar, o que meu pai tinha comprado para mim. - Me ajude papai, eu vou precisar.

   E saí pegar umas folhas e algo para que me servisse para cavar algum buraco.


           

                                  

Selinhos Incríveis

quinta-feira, 22 de março de 2012
Esses selinhos ganhei da Kátia do blog Romances Históricos Inesqueciveis e da Marla do blog Louca por Romances








Para aceitar :

- Cite o blog que lhe passou o selo :

 Romances Históricos Inesqueciveis Louca por Romances

- Indique para três blogs :

No final do post



selinho não possui regrinhas




Três regrinhas:

Contar quem repassou o selinho:

Contar uma qualidade: sou criativa

Contar um defeito: sou teimosa


Repasso os selinhos para :

Mundo gótico
Romances Sobrenaturais Lovers

Fragmentos sombrios

Romances Mundo das Sombras

100 % Leitura - Malucos da Leitura



Meu novo selinho!!!

quarta-feira, 14 de março de 2012

Photobucket

Boa tarde Seus lindos!!!!!!

Recebi esse selinho da Kátia do blog Romances Históricos
Inesquecíveis < http://romanceshistoricos-apaixonantes.blogspot.com >.

E como todo selinho tem regrinhas.....

1° Link o blog que fez o selinho : Cinderela ao Contrario< http://cinderelaaocontrario-cj.blogspot.com >

2° Link o blog que te repassou o selinho : Romances Históricos
Inesquecíveis < http://romanceshistoricos-apaixonantes.blogspot.com >

3° Responda as perguntinhas abaixo:

- O que achou do selinho?
Muito lindo

- Como escolheu o assunto dos posts de seu blog?
É que as vezes eu ficava sonhando acordada e pensei em escrever
as histórias malucas que saíam da minha cabeça. Então fiz um blog para isso.

- Você se considera estilosa?
Na verdade Não.

- Qual seu visual do dia - a - dia?
O básico, jeans uma blusinha sem mangas, e all stars. Não sou
muito chegada em salto alto, por que sou alta de mais e esbarro nas
coisas. kkkkk

- O que te faz sair do tédio?
Muitas coisas. Eu gosto de assistir desenhos japoneses (mangás), costumo desenhar alguns. Jogar videogame. Mas o que eu gosto mesmo é de ler e criar histórias em minha cabeça e postar no meu blog.

- Seu blog é passatempo ou vício? por quê?
Meu blog não pode ser só um passatempo, pois pra mim ele é muito importante e é um pedaço de mim. Ele também não chega a ser um vício, embora tenha que admitir que fico mais no blog do que em outra rede
social.

- Repasse para todos os blogs que você considera estilosos e avise a eles.
Ler Romances
Corações Romanticos
Mundo gótico
Fragmentos Sombrios
Crepusculo Flor
Lilith
Tudo de Bom em Audiobook, E -book e mais
Livros de Sobrenatural Contigo




selinhos

terça-feira, 13 de março de 2012
Esses Selinhos e Meme eu ganhei da Nine do Blog Romances NINE
1º selinho :

Para aceitar:
- Cite o blog que lhe passou o selo;recebi da Nine do blog Romances NINE
- Indique para 3 blogs.
No final do post

2º selinho :

Também recebi da Nine do blog Romances NINE
Preciso indicar 10 blogs para receberem o selinho.
No final do post

O 3º selo vem com um meme, também recebi do blog Romances NINE







Regras:
Para poder usar esse meme, você deve:
- Ser indicado por algum blog
- Responder as perguntas
- Escrever quem te indicou
- Postar essas regras
- Indicar 5 blogs para o meme

Perguntas:

1 – Quais são os seus cuidados de beleza diários?
passando bastante hidratante e bebendo muita aguá.

2 – O que não falta na sua bolsa?
celular , sombras e brilho.

3- Pra você, se cuidar é?

Fazer exercicio, beber muita água

4 – O que mais gosta de comprar? (Cosméticos)
perfumes

5 – Como leitora, qual é seu livro favorito?
a serie a mediadora.

6- O que lê atualmente?
estou lendo doce vampiro

Indico:
No final do post.


11 perguntas para você...
*Cada pessoa deve postar 11 coisas sobre si mesma, responder as questões de quem te enviou e então criar novas 11 questões e repassar para outros blogueiros. Avisar a quem indicou e assim a rede de conhecimento vai adiante. Não é preciso indicar quem te enviou as questões. Vamos lá...

*11 Coisas sobre mim*:
Amo ler
gosto  coca cola
sou apaixoada por animais
Amoos livros da meg cabot
ja gostei de cara baixinho
Sou louca por chocolate
As vezes sou um pouco estressada
penso em tudo antes de dormir
Gosto de jogar videogame
Gosto muito de navegar na net
odeio pessoas que maltratam os animais
Então finalmente vamos as perguntinhas:

1. Seu nome:
kathlleen
2. por que teve a ideia de criar um blog?
por que eu queria fazer um sobre mangás, mas não deu muito certo
3. Desde quanto você aprendeu o valor da leitura?
desde que eu li crepusculo
4. Qual foi o primeiro romance que já leu?
a saga crepusculo
5. Qual sua autora e romance predileto?
meg cabot

6. Qual a cena de um romance que te emocionou mais?

 A cena em que a bella diz ao Edward que não importa de verdade o que ele é, e que não liga pra sua verdadeira natureza, por que ela não quer se separar dele.


7. Qual seu cantor(a), banda e afins você mais gosta?
eu gosto de evanescence e linkin park

8. Me conte um sonho ainda não realiado que você tem?
ter uma mansao na praia . rsrsrs. bricadeira, eu queria ser escritora

9. Qual a Série de Tv você mais gosta?
   sobrenatural
             
 10. O que você acha da pessoa e do blog de quem fezessas perguntas? ambos são lindos e interessantes

                   minhas perguntas :
- Seu nome
- da onde veio a idéia de fazer um blog?
- Já aconteceu algo que fez voce pensar em desistir dele?
- O que te fez querer fazer um blog sobre esse tema?
- Que genero  voce gosta mais de ler?
- Qual seu livro preferido?
- Qual sua autora preferida?
- Já se apaixonou por um personagem ? Qual
- O que anda fazendo ultimamente?
- voce tem outros blogs?

Repasso o selinhos para o seguintes blog:

selinhos que ganhei - Selinho de qualidade

                          Selinho que ganhei da Nine do blog Romances Nine


Que Possuem regrinhas
1- Repassar o selinho para 15 pessoas e avisá-las.
No final do Post

2- Responder Algumas Perguntas :
Nome : kathlleen
Uma música : from de inside ( linkin park )

3 - dez coisas sobre mim:
-gosto de rock
- amo desenhos japoneses . animes e mangás.
- ja deixei de dormir para terminar um livro
- amo filmes de terror daqueles bem sangrentos
- o unico refri que gosto é coca-cola
- minha casa não fica sem gato
- não fico sem net
- eu sei desenhar mangá
- aprendi a fazer tarot
- me distraio facilmente

4- Humor:
-teimosa, alegre, se estressa rapido,




5- Cores Favoritas:
# preto e amarelo.

6- Um seriado
# sobrenatural


7- Frase ou Palavra mais dita por você:
# isso deu caca


8- O que achou do selo ?
# amei.


Repasso o selinhos para o seguintes blog:
**Amante do Deserto** -

A Ceifadora - 3 capitulo

quinta-feira, 1 de março de 2012



  Acordei sabendo que Sebastian havia mentido sobre pessoas mortas não poderem dormir, pois dormi como uma pedra.

Estava me sentindo melhor e mais relaxada e agradeci a deus por não ter dor na cabeça, passei a mão no pescoço e senti.... nada. Meu colar de coração tinha desaparecido. Quase tive um tique - nervoso. Enfiei minha cabeça debaixo da cama com meu corpo ainda em cima dela, o colar não estava lá.

- Que visão agradavél. Sebastian disse.

Virei meu corpo rápidamente e encarei ele. Sebastian estava com aquela cara fechada olhando para mim como se fossemos, sei lá. Tipo.. casados a milhares de anos e ele tivesse me visto demais ou ele estava enjoado. Não sei se era de mim ou outra coisa, mas ele estava serio, embora tivesse dito que tinha apreciado a visão do meu traseiro para cima a poucos minutos atrás.

- Você viu meu colar? Ele tem um pingente de - coração. Ele respondeu.
- Está no meu bolso.

Estiquei minha mão para que ele pudesse me devolver, mas ele fez um não com a cabeça.

- você tem que vir buscá -lo.

E pronto. Eu sabia, ele estava aprontando algo, mas mesmo assim fui buscar o colar atolando minhas em cada bolso de suas calças até chegar a parte dos bolsos da frente.

- você ama me irritar. Falei irritada. Se ele não me devolvesse eu ia deixá -lo nu só para procurar direito em suas roupas.

Meus dedos tocaram o pingente e quando fui retirar minhas mãos, a parte de dentro dos bolsos ficou viva e as envolveu não deixando que elas saíssem e me arrependi de ter atolado as duas mãos de uma vez do que só uma. Agora eu estava com as duas mãos presas na parte da frente da calça de Sebastian La ' Muerte.

Comecei a mexer as mãos lá dentro mesmo para ver se conseguia desgrudar. Não adiantava.

- Quer ser uma Ceifadora? Ele disse com uma voz sexy e melodiosa.

- Eu quero. Respondi sem paciencia. Eu quero virar uma ceifadora e enfiar a ponta de uma foice no traseiro de Sebastian.

- Sua primeira lição é : Sempre desconfie de outro Reaper. Eles gostam de passar o mais fracos e ingenuos para trás. E.... você vai ver isso hoje com um teste dado individualmente pelo nosso chefe para ver como você se saí com estratégias, luta, defesa. Hoje é estratégia.

Otimo! Pensei. Ele decide explicar as coisas com minhas mãos na sua calça. Totalmente perfeito.

- Eu sou fodastica nisso. Agora solta minhas mãos antes que fiquemos numa situação estranha.

Ele riu.

- Espero que seja, se não perde pontos com seu mentor. Posso te dar poder e força, inteligencia não.

Mexi mais as mãos e senti algo crescer nelas.

- Santo Deus!

Ele envolveu seus braços em minha volta.

- Mike vai levar você e Miah para o teste, o teste vai ser em Reaper tentando fazer outros cair em armadilhas.

Ouve uma batida na porta.

- vejo você daqui 48 horas. Ele sussurrou no meu ouvido.

A porta abriu e a cabeça de Mike apareceu. Seus rosto estava envergonhado e ao nos ver encarando-o, ele olhou para outro lado.

- Me desculpem... se interrompi...- Não é o que você está pensando! Gritei fazendo Sebastian rir mais.

Era lógico Mike pensar aquilo. Afinal o que ele viu foi : Sebastian e eu abraçados com ele sussurrando em meus ouvido... minhas mãos em suas calças. O que você iria pensar?!

O bolso se alargou e pude tirar minhas mãos e pegando meu colar.

- teste né?! Perfeito. Falei atravessando a porta e dando um tchau com as mãos para Sebastian, embora ele não merecesse nenhum tratamento educado de minha parte. E ele retribuiu rindo alegre com sua calça agora " cheia de mais " de uma certa satisfação se é que me entendem .

Mike fechou a porta lentamente e seguimos por uma infinidade de corredores.

- Seu irmão gosta de me irritar. Falei sem me importar com o que ele pensaria.

Ele concordou.

- Ele faz isso por que gosta tanto de você que não sabe como agir. Sempre foi assim, desde que era pequeno. Todos tinham que correr atrás dele e fazer suas vontades. Ele irrita você, por que você não é como maioria das mulheres são. Atiradas. Ele está testando seu estado de humor.

- É isso ou ele está louco por um pé no traseiro. Respondi fazendo Mike rir. Ele tem o mesmo sorriso que Sebastian.

Ele abriu uma porta e entramos numa sala sem iluminação . Negra. A unica luz que tinha, vinha de um espelho enorme com uma luz branca capaz de cegar alguém que olhasse muito tempo para ele.

- Você tem que entrar dentro dele. Miah está do outro lado te esperando, se tiver dúvidas pergunte que ela dirá. Ela é boa nisso.

Senti um gelo na espinha. olhei para Mike e percebendo que eu não queria ir ele me ofereceu sua mão e imaginei como irmãos podem ser tão diferentes? Mike : prestativo, legal, amigo. Sebastian : metido a macho, irritante, se acha.

Peguei sua mão e ele me guiou para dentro.

- Pense nisso como uma porta brilhante, é só entrar de olhos fechados. Leva um tempo para se acostumar com a luz.

E com a sua mão ainda segurando na minha eu entrei lá.

Meu corpo foi envolvido pela luz. Não conseguia ver nada que não fosse branco , fui em frente quando tropecei e caí ... em Miah.

Não estava mais na porta, estavamos num campo no meio do nada.

Tinha que aprender muito por aqui então era melhor marcar mentalmente.

Eu preciso aprender : Quando entrar em lugares estranhos, tentar não cair mais de cabeça quando atravessar. Ah ... e tentar não cair em cima da Miah de novo.

- Me desculpe! falei arrependida.

- Tudo bem. ela disse rindo enquanto tirava um tufo de grama de cima de seus cabelos alaranjados.

Olhei em volta para um infinito gramado cercado por árvores e animais e quase pulei em cima de Miah quando vi um urso. Sério gente, um urso grande e gordo com garras que me cortariam ao meio. Eu sei disso pois assisti muitos documentários no Discovery Channel e um deles era de um cara que teve o rosto arrancado por um urso. O rosto.

Miah me pegou pelo braço e sufoquei um grito.

- Animais podem nos ver, mas não tocar. ela me soltou e deus uns passos para frente, indo em direção ao urso. Ele se agitou e moveu seu corpo para que ficasse em pé e encarasse Miah com sua poderosa presença. Quando entendi seus planos, tive que me controlar para não correr atrás dela.

- Não faça. gritei

mas ela riu.

- antes que os outros cheguem. ela gritou de volta e senti minhas pernas tremerem. Miah correu e se jogou em cima do urso, ele levantou suas garras e tentou acerta -la mas suas garras atravessaram seu corpo como se Miah fosse .. o vento ou uma simples ilusão. Ela pulou para trás gargalhando da brincadeira e algo começou a brotar de suas costas.

- Você vai aprender isso também, então olhe.

Uma nuvem em forma de asas negras saíram de suas costas e começaram a ir para frente do corpo de Miah. Ela abriu a boca e soltou um grito sobre humano deformando sua face enquanto a nuvem negra tomava a mesma feição distorcida de seu rosto. O urso gritou e saiu correndo.

Minhas pernas vacilaram e cai de joelhos tentando raciocinar e ficar calma com o que tinha presenciado e tive medo de Miah e me veio a mente que se ela conseguia fazer isso e me deixar com medo. Sebastian com certeza era um zilhão de vezes pior , pois ele deixou Miah paralisada num canto só com um olhar. E realmente comecei a imaginar no que tinha me metido.

Ela veio e se jogou do meu lado ainda sorrindo, mas quando viu minha cara medrosa ela fechou a cara.

- Me desculpe. E...eu esqueci que você nunca.. tinha visto algo assim.

Ainda perplexa consegui formular frases.

- E se... eu não querer mais ser uma.... Ceifadora. falei sem olhar para o seu rosto. Eu não queria olha -la pois sentiria vontade de fugir e eu mais que ninguém sabia que sonharia com essa merda de nuvem negra. Nem mesmo queria que ela me tocasse com medo que seu rosto ficasse distorcido novamente. Deus! eu me sinto no filme O exorcista.

Ela tocou meu braço e senti uma sensação ruim, provavelmente ela percebeu pois tirou a mão.

- Se você não querer mais ser uma ceifadora... você vai ter que ir do lado dos mortos esperar que algum familiar ou um anjo venha levar sua alma. Se eles não aparecerem.... você tera que viver como um fantasma e isso não é bom. Por que você vai ver sua familia e vai querer conversar e eles não ouvirão você. Você vai se sentir tão sozinha a ponto de ficar maluca ou de tentar matá -los para ficarem com você.

Quase chorei com a merda da minha escolha. Ou era Ceifadora ou era Ceifadora.

- Isso é horrivel. falei sabendo que todas as escolhas eram ruins para mim.

- Eu sei.

Encarei a grama até parecer que ela estava respirando em baixo de mim e parei de olha -la com medo que criasse olhos ou outra coisa. O tempo esta nublado, mas bem iluminado com um céu de um tom só de cor branca. Queria saber se poderia mudar o cenario da janela do quarto de Sebastian. Mike deixa com uma ilusão ensolarada e Sebastian deixa tudo negro com umas manchas fantasmasgoricas e pin eladas de tons roxos, verde e branco. Pensei em várias oisas inuteis até que minha memória começou a funcionar.

- Vai vim mais... como você? perguntei.

- Como nós. respondeu com uma voz triste. E aproveitando que estavamos sozinhas queria contar a ela sobre como morri, talvez ela me dissesse, afinal, Miah não se cala facilmente. Isso é o que mais gosto nela, mas odeio aquela coisa de poder Reaper.

virei meu rosto em sua direção e abri a boca.

- Miah... no dia que morri eu fui jogada numa cachoeira por somb..... fui interrompida novamente por uma sombra voadora que passou ao meu lado. Olhei para o céu pronta para gritar por causa de um bicho e novamente me vi cercada por sombras, um infinito mar de sombras.

- Eles chegaram. ela disse. - Os outros alunos.

As sombras começaram a tomar forma humana até desaparecerem e serem substituidas por corpos de pessoas de todos os tipos. E outra coisa para lembrar é 1. fui morta por um reaper 2.não sei quem é 3.Miah não sabe e 4. mais importante : dificilmente descobriria quem foi.

Puta que pariu! Será que pode piorar? perguntei a mim mesma e novamente tive a resposta quando todos inclusive Miah e eu fomos sugadas por uma luz forte.

- O teste começou. uma voz grossa começou seu discurso. - O objetivo de todos é fazer com que pelo menos 10 reaper desistam da prova NÃO IMPORTANDO seus metodos. vocês tem 48 horas. tentem voltar com seus membros pois duvido que seus mentores voltem para buscar.

Senti me sem ar e meus membros se separando do meu corpo.

- Boa sorte. Miah gritou com sua voz distante. - Não fique perto da água, eles te puxam.

Eu queria gritar mas não tive tempo, pois fui jogada novamente de cabeça num telhado de uma casa velha no meio do mato. E mais certa do que nunca, sabia que já tinha piorado.